sábado, 5 de fevereiro de 2011

ENQUANTO ISSO NOS MOVIMENTOS SOCIAIS DA PARAÍBA...


“Nova Secretaria gera conflitos entre mulheres, homossexuais e negros”. Esta manchete causou impacto em alguns movimentos sociais da Paraíba em relação  à nova Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana do governo Ricardo Coutinho.

Houve uma confusão generalizada num dos salões do Palácio da Redenção.  Índios, negros, gays, brancos, cristãos, esotéricos, idosos e héteros reivindicavam, cada um, uma secretaria especial. 

As Mulheres Negras em Cristo não aceitavam a participação das Mulheres Negras de Iansã na mesma pasta.  Houve um tumulto e uma representante do Movimento das Mulheres Brancas Pagãs ameaçou processar a Liga das Domésticas Anãs.  O PCO, Partido dos Correios, insultou o Movimento dos Padres Ex-Pedófilos que reivindicava uma participação na Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana.

A Frente Pela Libertação das Frangas, movimento gay ecológico denunciou o  Centro de Cultura Afroameríndio Pop Punk por preconceito contra o Centro de Cultura Afoxé Gungun Lelê, que só aceita ex-evangélicos não divorciados que tenham apenas dois filhos.  A Congregação das Prostitutas Carismáticas tentou barrar a entrada da Liga das Evangélicas Ex-Alcólicas.

Grupos muito específicos ficaram em frente ao Palácio também reivindicando uma Secretaria específica:  Canhotos Evangélicos Heterossexuais, Sadomasoquistas Católicos, Gays Negros Pessoenses Ativos Sub-20, Professores Universitários de Faculdades Privadas do Período Diurno do Ensino de Língua Inglesa dos Quartos Períodos,  Professoras Universitárias de Faculdades Privadas do Período Diurno do Ensino de Língua Inglesa dos Terceiros Períodos e muitos outros.

Um major tentou quebrar todos na porrada berrando pela PEC 300.  As participantes da Comunidade das Senhoras Tomadoras de Vinho de Missa se revoltaram e se uniram ao Movimento dos Alcólicos Anônimos Cristãos Ex-Presidiários. A turma do deixa-disso formada pelas Mulheres Negras Casadas com Brancos e pelas Mulheres Louras Casadas com Jogadores de Futebol Negros entrou na briga.  A Liga do Maçons Arrependidos se enfureceu com as posições do Movimento Xamânico Bruxos do Amanhã Sub 30. A Federação dos Cultos Afrobrasileiros entrou no cacete contra a Federação dos Cultos Umbandistas, uma divergência da Federação dos Cultos Axé Babá Yalorixá Xangô.  A Federação dos Espíritas tentou incorporar espíritos pacificadores, mas os médiuns acabaram por incorporar dissidentes da Federação dos Espíritas não Kardecistas de Alah.

Depois do tumulto, um consenso:  a diversidade odeia a diversidade!

Drink para os diversos:
(não será possível, porque qualquer bebida que eu proponha gerará uma briga nos movimentos)

3 comentários:

JÔ Domingos disse...

Adriano esse foi ótimo. Fiquei esperando vc citar o movimento dos "Ex- Ex-gays" kkkkkkkkk

Mayrinne disse...

E eu fiquei esperando os OMOssexuais,rs.
Adorei!

Philio disse...

Só rindo mesmo. Muito bom!