quinta-feira, 15 de abril de 2010

ENQUANTO ISSO NAS OBRAS DE ARTE DA CIDADE...

Alguns vereadores de João Pessoa são muito preocupados com o bem-estar , os bons costumes e a moral da cidade. Nada de se preocupar com pobreza, com falta de infra-estrutura ou cidadania. Nada disso é maior do que os valores cristãos da população lascada da cidade.

Um vereador de alta erudição, acostumado com debates sobre arte juntou-se com uma vereadora que recebe mensagens diretamente de Jeová, Jesus, Javé, Shalom e Adonai, para abolir as estátuas, os jardins, as placas, as ruas, os muros, as falas, os quadros, as músicas.

Eu vou contribuir para esta luta fundamentalista que tem o apoio dos aiatolás do Irã, dos talebans do Afeganistão e da Liga dos Supercrentes na Salvação Divina da Ordem Moral.

Lei 121/2010

Art. 1º. De hoje em diante para se fazer arte ou expor obras de arte na cidade serão terminantemente proibidos:

1) Figuras ou imagens de joelhos, pois a população pode pensar que se trata da posição de boquete;

2) Imagens com pênis, pintos e outros falos com mais de 10 cm;

3) Se a imagem for de uma mulher, a xoxota deve ser coberta com uma folhinha de uva;

4) Imagens pretas que lembrem os caboclos do xangô;

5) Imagens de olhos esbugalhados, pois lembram os olhos do satanás;

6) Cabeças com chifres, nem pensar, mesmo que se trate de uma obra que represente os cornos;

7) Imagens, esculturas, quadros e pinturas de mulheres sozinhas, pois retratam uma atitude de mulher suspeita, uma vez que mulher séria nunca anda sozinha;

8) Figuras que insinuem a mão naquilo e aquilo na mão; na mão só o livro sagrado;

9) Obras com indivíduos de quatro, de ladinho, na posição de frango assado ou quaisquer formas de arreganhamento;

10) Figuras que mostrem bunda, peitos, língua, boca, cangote, pés, orelhas, ou seja, qualquer tipo de órgão que inspire tesão na população.

Art. 2º. Artistas plásticos, músicos, poetas, cantadores, escultores e atores em geral (essa gentalha herege que lida com arte) devem obedecer aos seguintes procedimentos:

1) Evitar expressões que digam respeito a órgãos sexuais como pimba, xibiu, fiofó, ruela, pinguelo, pentelho, birro etc;

2) Parar de expressar quaisquer formas de atitudes românticas com o intuito de evitar a sacanagem que advém depois do primeiro beijo de língua, do primeiro amasso, da primeira encostada;

3) Parar com essa porra de falar palavrões neste caralho de arte pop.

Art. 3º. Em nome de Jesus, a população deve seguir as seguintes medidas em nome da moral e dos bons costumes:

1) Só podem frequentar motéis os casados civilmente, de aliança no dedo;

2) Os motéis devem instalar câmeras nos quartos ligadas as entidades de proteção da moral, com o fim de verificar se o sexo está sendo feito segundo os preceitos da ordem: papai-com-mamãe, sem sussurros e nem gritos, debaixo das cobertas, sem uso de unhas, dentes e objetos pérfuro-cortantes;

3) Aqueles indivíduos que tiverem amantes devem providenciar a portabilidade;

4) Deve-se incentivar a troca da camisinha pelo cinto de castidade para segurar a perereca;

5) Deter qualquer tipo de sacanagem que envolvam luta de espadas, briga de aranhas e o famoso cinco contra um.

Assinam esta petição, além dos vereadores em nome do Senhor, as seguintes entidades:

- Associação das mulheres fascistas ortodoxas fundamentalistas;

- Liga das senhoras mal amadas, mal comidas e mal pagas;

- Conselhos das prostitutas arrependidas do Apocalipse;

- Associação dos punheteiros anônimos;

- Comissão nazi-fascista dos casais de Sodoma e Gomorra;

- Liga inquisitorial para o McDonald e a família feliz;

- Grupo sadomasoquista vouyerista fist fucking mijador pela ordem moral.